21/04/10

é que faz-me mesmo confusão...

Se há algo que me incomoda, é por exemplo uma pessoa "pegar" em textos de outros (normalmente sobre desgostos de amor, blablabla) e publicar nos seus hi5's, facebooks ou blogues.
Se a pessoa faz uso das lindas "aspas", ou se publica um link para a página de onde "roubou" o texto, tudo bem. Se a pessoa referencia o autor do texto, melhor ainda... ou se quando desconhecido, a criatura se lembra de colocar uma notinha "autor desconhecido" também acho óptimo.
Agora, copiarem descaradamente textos, mudarem o nome, não colocarem aspas ou referencia ao autor, para que as pessoas acreditem que foi escrito por aquela pessoa, epa, é um nojinho...
Eu também leio muita coisa que gosto e que adoraria ter sido eu a escrever e no entanto não copio. E se realmente sentir vontade de partilhar com alguém, no minimo uso das aspas faço. Acho de péssimo gosto e só serve para vincar a falta de personalidade e respeito que algumas pessoas têm...

5 comentários:

OMOPrjct disse...

E no mundo dos blogs é o prato do dia, Amiga :S
Sabe-se que há gente para tudo, mesmo para não assumir que são uns trastes...

Beijinhos

Mau Feitio disse...

Olá Jo,

já aconteceu com textos meus. Mas ainda ontem vi uma situação do genero. Uma amiga minha escreveu uma carta para o apaixonado mas a carta era essencialmente um texto de outra pessoa.

Beijo

so_risoIncógnito disse...

Eu tinha um gajo no meu hi5 que todas as frases que eu punha ele copiava e punha no dele, passei-me e bloqueei-o! Não me importa que usem o que escrevi mas que façam referência, eu também já usei e faço-o só nas imagens as vezes não consigo saber de onde elas vêm ao certo...
Mas isso é muito mau... ainda ontem no blogue da mini-saia aconteceu isso num passatempo em que tinhas que mandar umas fotos das próprias com umas máscaras e duas delas ganharam com copy paste de um blogue qualquer foi muito parvo e a verdade foi reposta mas é mau!

Gingerbread Girl disse...

Há lá coisa mais patética que plagiar? Mesmo para a própria pessoa que plagia... há lá coisa mais desprezível e triste? Enfim...

Jo disse...

Em relação às fotos é um bocadinho diferente... grande parte das vezes é muito complicado chegar a saber quem é o autor das mesmas...