20/04/11

Os meus pais têm um vizinho que é uma simpatia. é arménio, um bocadito envolvido em negócios escuros (é tipo o manda-chuva dos que chegam ilegais e ajuda-os a legalizarem - a um preço claro). Dizia eu que é uma simpatia. Todos gostamos bastante dele e ele é muito educado, tem dois filhos também muito queridos e a esposa é também uma senhora cheia de preceitos. Só que o homem anda atarantado comigo. Faz-lhe confusão que ainda conduza e sempre que me vê chegar põe as mãos à cabeça, pergunta se quero que ele faça as manobras e diz que não posso conduzir. Até foi perguntar à minha irmã quando é que eu tenho que parir, para ter a certeza que estou no limite. Ontem cruzamo-nos na rua e ele perguntou-me logo se continuo a conduzir. Quando respondi que sim, abanou a cabeça e disse: ai ai ai ai...
Acho que o senhor tem tido vários pesadelos comigo, a minha barriga e o meu peugeot!

5 comentários:

Cindy disse...

LOL
É cada uma!
Beijoca

Helena disse...

Lol, eu também me pergunto como é que com uma barriga dessas ainda chegas ao volante, eheheh :D
kiss

Jo disse...

Helena, sempre conduzi muito atras, nunca fui de me encostar ao volante, conduzo um bocado po deitada LOOOL ***

Mie disse...

Sao culturas diferentes dai fazer confusao ao senhor.
Mais uns dias e o homem ja nao deita as maos a cabeca :)

Rita disse...

LOOOOL
O Sr. preocupa-se :D
Beijinho