24/01/11

Ora então...

Dizem que houve 50% de abstenção?
E depois ele chama-me "Hitler" só porque acho que o voto devia ser obrigatório.
E por cá já se conta o 225° dia sem governo... Isto anda bonito, anda.

4 comentários:

Lara* disse...

concordo contigo minha linda. o voto devia ser obrigatório. as pessoas não vão votar muitas delas porque nem sequer se preocupam em conhecer os candidatos e os seus programas eleitorais. podiam nem gostar de nenhum mas para isso serve o voto em branco.
acho que a partir do momento em que não votam não tem o mínimo de direito de criticar o que quer que seja porque não fizeram nada para mudar isso...mas enfim. é Portugal.

beijinhooo**

Diana disse...

Mais que o desinteresse pelo país, penso que muitas pessoas acham que não votar é o mesmo que colocar um voto em branco. Pensam que conta como manifesto.
E o que é certo, é que este pequeno pormenor raramente é esclarecido. Porque em todas as eleições as percentagem de abstenção é elevada.

Confesso que nestas eleições não votei, mas isso também não faz de mim uma pessoa que não se importa com o país, até porque tenho dado sempre a minha opinião no papelinho nas eleições anteriores. Mas neste momento já me questiono: para que raio serve o presidente da republica na actualidade? A função dele resume-se a: Tacho e mais tacho!

manuel marques disse...

Com ou sem abstenção, ficaremos sempre na mesmice.Não adiante, só se mudar-mos de povo...

Abraço.

Anónimo disse...

tens toda a razão. o voto devia ser obrigatório. querem direitos à greve, direitos a isto e aquilo mas quando lhes dão um direito que alguns dariam tudo pra ter não exercem esse poder, mas quando há greves são logo os primeiros da fila. e é assim que está este pais.