16/12/10

Ora olé !

Bem, para começar, porra que gravidez não é doença mas é quando não nos dá uma dor na anca que nos imobiliza uma perna. Andar é um sacrifício, mas o pior mesmo são movimentos como sentar, levantar, virar. Não consigo, choro de dor e preciso do Mário para me ajudar. E vocês até podem achar: "Ah e tal, és mesmo gaija". Sou sim, mas sou muito rija. Raramente adoeço, e suporto muito bem a dor... Por isso é que quem me conhece sabe que não estou a exagerar. Diagnóstico: o crescimento do útero está a pressionar o nervo ciático. Não há muito a fazer porque estou grávida, porque em condições normais, a dor é combatida com injecções. Neste meu caso, fisioterapia e uns analgésicos para grávidas que não ajuda em nada.
Resumindo, estou quinada. Mas não faz mal, porque basta sentir um movimento na minha barriga para a dor valer a pena...
é na quarta-feira que possivelmente saberemos o sexo do bebé. Por cá já se fazem apostas.
Por mim, venha o que vier, quero é ouvir o coraçãozinho e ter a certeza que está bem.

E finalmente 2010 está a chegar ao fim. Perdão aos mais sensíveis, mas... foda-se lá pa este ano.
Dia 26 voaremos (se esta minha invalidez não se mantiver) para terra santa e assim que chegar vou agarrar-me às bolas de berlim e coisas que tal, não por mim, mas pelo bebé que tem que provar de tudo!

4 comentários:

Mie disse...

Ahahaha, nao por ti mas pelo bebe que tem que provar tudo. Tens ca uma lata !
As dores e que nao tem piada nenhuma, se nao der para passar totalmente pelo menos que nao piore. As melhoras :)

MJ disse...

Sim, sim, agora o bébé é que paga as favas...
espero que as dores melhorem, e que de facto consigam fazer a vossa viagem.
Tudo a correr bem e esperamos noticias sobre essa eco.
Beijinhos,

manuel marques disse...

"Tudo na mulher é adivinha e tudo nela tem uma única solução e essa é a gravidez ."

Abraço.

Diana disse...

Quanto tempo vão ficar cá?