27/06/11

O Octávio

O pai queria o Octávio quando eu ainda estava grávida. Eu achava que era muito dinheiro por uma coisita daquelas e tirei-lhe sempre isso da cabeça... Deviam ter-me espetado com a cara em água fria, dado duas ou três vergastadas ou pôr-me a pão e água meia dúzia de horas. é que, há duas semanas, o pai comprou o Octávio. E logo nessa noite o pequeno rebento descansou melhor... adormece mais rápidamente com o Octávio pousado na cabeceira do berço. Eu já não vivo sem o Octávio. é que, excepto em dias como hoje, o miúdo normalmente adormece rapidamente. Não o embalo. Deito-o no berço e uns minutos depois está hipnotizado pelo novo amigo. Além disso, o Octávio só surge na vida do Noah quando está na hora de dormir, pois foi a forma que encontrei de lhe mostrar quando é noite e está MESMO na hora de dormir... Nem quero pensar no que acontece se o Octávio vai com os porcos... Lá vou eu a correr à Dreambaby ver se arranjo outro...

3 comentários:

Helena disse...

lol, qué isso, uma luz de presença~?

Jo disse...

sim :)

Plim disse...

Um VIVA ao octávio!! =D